Jump to content

DOMINADORES X PSICOPATAS


Recommended Posts

Posted
DOMINADORES X PSICOPATAS

Wilma Azevedo, provavelmente a primeira pessoa que escreveu a sério sobre BDSM no Brasil, usava a expressão "sádico erótico" para diferenciar os dominadores sérios, dos psicopatas, assassinos e torturadores. Se por um lado, temos dominadores de verdade, do outro, temos pessoas dominadas pelo lado sombrio - que têm o objetivo de machucar física e mentalmente suas vítimas. No Brasil, tivemos exemplo desse tipo dos torturadores nos porões da ditadura (e, confesso, sempre fico apreensivo quando vejo, no perfil de "dominadores", elogios ao regime militar). Existem vários outros psicopatas atuando em nossa sociedade. Um dos mais famosos deles é o maníaco de Goiânia, que matou mais de 30 pessoas.

Hoje em dia vemos psicopatas no nosso meio, se fazendo passar por dominadores e deixando em seu caminho um rastro de sofrimento e, em casos mais extremos, mortes. Torna-se cada vez mais importante diferenciá-los. Psicopatas são pessoas incapazes de sentirem empatia (a capacidade de se colocar no lugar do outro). Suas vidas são cinza, sem sentimentos e necessitam de "grandes emoções" para sentirem alun prazer. Um psicopata não tem amigos ou família. Todos são apenas vítimas em potencial. É o tipo que é capaz de dar um golpe em um amigo, roubar todo o dinheiro da aposentadoria da mãe e até mesmo matar a pessoa que o ama. Quando vemos uma pessoa sofrendo, conseguimos nos colocar no lugar dela, sentir sua dor e, em muitos casos, é isso que nos faz ajudar ao próximo, isso é empatia.

Psicopatas conseguem perceber o sofrimento do outro, mas são incapazes de se colocar no lugar da outra pessoa. Ao invés de pena, sentem prazer com o sofrimento alheio. Mas, ao contrário do que se imagina, psicopatas não são facilmente reconhecíveis. Inteligentes e racionais, eles logo aprendem a forjar uma capa de respeitabilidade. Muitas vezes, são pessoas acima de qualquer suspeita e apenas os que o conhecem mais intimamente (e são suas vítimas, que conseguem perceber seu lado negro).

Podem parecer semelhantes, mas dominadores e psicopatas são opostos. Um dominador pode até ser sádico e gostar de infligir dor, mas suas motivações e sentimentos serão muito diversos de um psicopata.

Dominadores, antes de mais nada, se preocupam com suas subs. Preocupam-se com sua saúde mental e física. Com seu bem-estar. E com o seu prazer. Dominadores batem em suas submissas porque sabem que isso lhes dá prazer. Dominadores conhecem os limites de suas subs e respeitam esses limites. Dominadores vivem relações baseadas na consensualidade e no prazer mútuo. Dominadores são cuidadores e promovem a autoestima, a felicidade de sua sub. Se ela trabalha, é interessante que ela esteja bem no emprego. Se ela estuda, é importante que ela tire boas notas, faça vestibular, tenha uma profissão. Se ela optou por viver com ele em regime 24-7, o dominador cuida para que ela se sinta realizada nessa escolha.

Para dominadores de verdade, uma submissa saudável, feliz, bem-resolvida, é a melhor sub. Como garotos que cuidam de seus brinquedos para brincar sempre, eles cuidam de suas subs. Psicopatas, ao contrário, são como vampiros. Sugam suas vítimas. Para eles, consensualidade é apenas uma palavra. O importante é apenas o prazer deles e a felicidade deles. Para a vítima, resta apenas a dor, o sofrimento, a depressão. Psicopatas machucam suas vítimas. Seja física ou mentalmente. Enquanto um dominador de verdade faz com que a submissa saia da sessão melhor do que entrou, um psicopata faz com que sua vítima saia pior: depressiva, com baixa autoestima e muitas vezes machucada de maneira séria - em alguns casos com ferimentos graves. E em casos mais extremos, morte.

Psicopatas promovem dependência, fazem com que suas vítimas desenvolvam a síndrome de Estocolmo - em que a vítima passa a depender do abusador e quanto mais humilhada e machucada, mais irá depender dele. É como se estivesse presa numa espiral de sofrimento e, ao mesmo tempo, dependesse disso.
Posted
texto super importante, fica só um apontamento: não faz sentido usar "negro" como um adjetivo depreciador para caracterizar um psicopata. seria melhor dizer lado sombrio ou obscuro. importante a comunidade incorporar linguagens antirracistas pra não ser um texto informativo a disparar gatilhos.
LenHard_DSerpents
Posted
No entanto SOCIOPATAS são muito mais comuns no meio BDSM (e aceitos) do que PSICOPATAS. Sociopatas causam muito mais mal e na maior parte do tempo eles nem sabem q são. As atitudes sociopatas são muitas vezes confundidas como de dominantes (homens e mulheres)
Posted
Monday at 18:34, perrenboyceta said:
texto super importante, fica só um apontamento: não faz sentido usar "negro" como um adjetivo depreciador para caracterizar um psicopata. seria melhor dizer lado sombrio ou obscuro. importante a comunidade incorporar linguagens antirracistas pra não ser um texto informativo a disparar gatilhos.

Mimimi amigão.

Posted
Gabriel, deve ser um encanto jogar com você, alguém tão sensível ao limite do outro. parabéns, pessoas como você fazem a nossa comunidade e o mundo melhor
Posted
13 hours ago, perrenboyceta said:
Gabriel, deve ser um encanto jogar com você, alguém tão sensível ao limite do outro. parabéns, pessoas como você fazem a nossa comunidade e o mundo melhor

Ele provou o ponto do tópico direitinho kkkk, pelo menos é bom que é burro e já se entrega

×
×
  • Create New...