Jump to content

BUSCA POR DOM(MME) OU NAMORADO (A)?


Recommended Posts

MestreSerpents
Posted
Já faz um tempo que venho vendo perfis de iniciantes, homens e mulheres (ma maior parte mulheres) que vem com um papo e uma apresentação de querer um dono que tratem l bottom como um princesa delicada.
.
Ai a pessoa tem quase todas as praticas como limites, mas quer um Dominador (so que limitando o que o top pode fazer ao extremo).
.
Seria esse um jogo de inversão de papeis?
Nesse ponto realmente creio que são pessoas que nao entenderam o que é bdsm e a dinamica do jogo.
Posted
As pessoas assim só estão querendo um relacionamento com mais intensidade, não é bdsm.
Posted
2 hours ago, turmalina said:
As pessoas assim só estão querendo um relacionamento com mais intensidade, não é bdsm.

Concordo, muita gente é só um "baunilha apimentado". Mas acredito que alguns iniciantes tem medo mesmo. Com o tempo vão pegando confiança e conhecimento e amadurecem seus limites.
Sem falar que, vejo como hábito também, vomitar listas de práticas sem nem saber ao certo o que significa.

Posted
Há quem se interesse por relações assim. Particularmente acho brega, mas acontece.
Posted
Penso na mesma linha do Paulo-M, sobre baunilhas apimentados e iniciantes receosos. Com a prática (real) vai se refinando os gostos e desgostos, vai se refinando o perfil de partner a buscar ou permitir aproximação. E, de fato, partindo daí, seria pertinente dizer que são pessoas que ainda não compreenderam o jogo...
Posted
Acredito que o efeito " 50 tons" criou na cabeça de muitos/as a ilusão de que o Bdsm pode ser usado pra resolver a vida, em todos os sentidos. Achar um parceiro/a estável financeiramente pra ser sustentado/a por ele/a e então encher de limites no jogo porque na verdade não é esse ( o Bdsm) o real interesse.
Posted
Tai um assunto que eu tento conversar mas a ignorância da maioria sobre não deixa o debate acontecer, no meu ponto de vista a maioria só quer se dar bem financeiramente e pra isso entra aqui achando que vai encontrar um Top ou bottom que vai satisfazer suas necessidades financeiras, sempre tem um incauto mas quem realmente está no meio há algum tempo sabe identificar esses perfis, as vezes dou uma de ingênuo pra ver até onde a pessoa vai.
Posted
Tá cheio de perfis de submissa dizendo que quer custear a faculdade, que gosta de ser mimada, que adora ganhar presentes, sair pra restaurantes, viajar, etc. Na hora de discutir sobre as práticas que gosta ou que aceita, não sabe nem começar a conversa. E só querem jovenzinhos, até 25 anos no máximo.
Posted
História da minha vida bdsm... Só que o contrário. 😅
Posted
Não está difícil só para os homens não!
Posted
23 minutes ago, litha7666 said:
Não está difícil só para os homens não!

E qual será o motivo dessa dificuldade? Falta de confiança? Ilusão com o Bdsm? Desinformação?

Posted
Meu muito rótulo pouco foco! Querem tudo, sabem de tudo mas boa parte na está aberto a nada e muitos nem sabem pq estão aqui!
Posted
Por outro lado, vejo também uma dificuldade de tops experientes compreenderem que quem está chegando pode sim ter real interesse no jogo, sem nunca ter tido a oportunidade de descobrir os próprios limites. Quanta dor um iniciante suporta? Ele só vai descobrir experimentando. Que tipo de instrumentos para impact play? Mesma resposta. Até onde ir em relação a jogos de dominação mais psicológica? Idem… Quando um top impõe, por exemplo, que você terá a obrigação de dar conta de alguma prática sem sequer discutir o uso de uma safe, o que ele cria é distanciamento e não conexão com um possível bottom.
Posted
Penso que confiança se constrói. Em todos os aspectos da vida, ninguém de nós chega a um lugar confiando plenamente em todos à nossa volta. Ainda mais quando se trata de estar no limite da sua integridade física e emocional.
Posted
8 minutes ago, Maia-sub said:
Por outro lado, vejo também uma dificuldade de tops experientes compreenderem que quem está chegando pode sim ter real interesse no jogo, sem nunca ter tido a oportunidade de descobrir os próprios limites. Quanta dor um iniciante suporta? Ele só vai descobrir experimentando. Que tipo de instrumentos para impact play? Mesma resposta. Até onde ir em relação a jogos de dominação mais psicológica? Idem… Quando um top impõe, por exemplo, que você terá a obrigação de dar conta de alguma prática sem sequer discutir o uso de uma safe, o que ele cria é distanciamento e não conexão com um possível bottom.

Isso também acontece, sem dúvida. Porém, em muitos casos, as subs nem chegam a conversar com o top. Não oferecem, sequer, a minina chance de aproximação. Devem ter todo cuidado com pessoas desconhecidas, mas existem várias formas de, marcar um encontro, por exemplo, sem correr riscos. Só que nem essa conversa inicial está acontecendo. Nem respondem as mensagens, perfis incompletos, vc não identifica se é top ou botton, não colocam preferências, ou o que buscam. Isso vale pra todos, não se informam sobre o próprio app pra utilizar melhor o que ele oferece. Tem hora que dá preguiça viu!

Posted
14 minutes ago, Maia-sub said:
Por outro lado, vejo também uma dificuldade de tops experientes compreenderem que quem está chegando pode sim ter real interesse no jogo, sem nunca ter tido a oportunidade de descobrir os próprios limites. Quanta dor um iniciante suporta? Ele só vai descobrir experimentando. Que tipo de instrumentos para impact play? Mesma resposta. Até onde ir em relação a jogos de dominação mais psicológica? Idem… Quando um top impõe, por exemplo, que você terá a obrigação de dar conta de alguma prática sem sequer discutir o uso de uma safe, o que ele cria é distanciamento e não conexão com um possível bottom.

Na verdade, quando um Top impõe algo é abuso. Não é distanciamento. É abuso...é Red Flag que em algum momento não foi observado e pontuo que pra iniciantes identificarem RF nem sempre é fácil e óbvio

Posted
7 minutes ago, universodanell said:

Na verdade, quando um Top impõe algo é abuso. Não é distanciamento. É abuso...é Red Flag que em algum momento não foi observado e pontuo que pra iniciantes identificarem RF nem sempre é fácil e óbvio

Correto. Abuso não é bdsm. É crime. Infelizmente há infiltração de RF com frequência no meio. Para as iniciantes, fica a dica de sempre conversar muito, e, JAMAIS, aceitar imposições de algum dom, que esteja em desacordo com o que foi combinado antes de uma sessão. E busque pessoas em lugares confiáveis, não se entregue a qqer um que se diz dominador. Pesquise, conheça sobre o assunto, e, assim, vc poderá confrontar o suposto dom, e saber se ele realmente conhece sobre o assunto ou não!

Posted
Lembrando que RF usa muita manipulação justamente no momento da negociação para fazer seus abusos parecerem mais dentro da consensualidade. Abuso não ocorre apenas em cena ou em sessão. Só pontuando de forma bem direta para reforçar mesmo...
Posted
Acho que em toda forma de relacionamento pode acontecer um abuso seja baunilha ou bdsm. Claro que no último caso quem é iniciante tem um certo receio uma certa cautela e eu acho isso válido. Porquê? Porque assim todo(a) sub/bottom vai procurar se informar antes de iniciar qualquer prática/relação com um Dom/Top. E acredito que dessa forma há uma melhor preparação mesmo que ainda somente teórica, para não se entregar as cegas e infelizmente terminar nas mãos de um pseudo Senhor.
Informação, informação e mais informação. Não há pressa. Conheça. Dialogue. Aí então pense em partir pra a prática em um encontro real.
Conheça a si mesmo(a)
Posted
Não sei citar diretamente um comentário aqui no fórum… Mas concordo com vc, BoundSP, no sentido de que dar abertura para o diálogo e tomar cuidados básicos são coisas essenciais. E possíveis de se conciliar perfeitamente.
Posted
Verdade, universodanell… Para que eu consiga identificar RFs, o que é muito difícil no isolamento, tenho justamente buscado estudar mais o assunto e me cercar de uma rede de contatos. Estou aberta para amizades porque quero aprender, trocar experiências, mas também me proteger. Outro dia presenciei uma situação que eu não soube avaliar bem. Conversei abertamente com tops diferentes, com diferentes trajetórias, justamente para ter outros pontos de vista. Mas isso demanda um tempo que as pessoas não querem dedicar para se desenvolver. Ou talvez não saibam fazer.
Posted
8 minutes ago, Maia-sub said:
Verdade, universodanell… Para que eu consiga identificar RFs, o que é muito difícil no isolamento, tenho justamente buscado estudar mais o assunto e me cercar de uma rede de contatos. Estou aberta para amizades porque quero aprender, trocar experiências, mas também me proteger. Outro dia presenciei uma situação que eu não soube avaliar bem. Conversei abertamente com tops diferentes, com diferentes trajetórias, justamente para ter outros pontos de vista. Mas isso demanda um tempo que as pessoas não querem dedicar para se desenvolver. Ou talvez não saibam fazer.

Maia, sempre que precisar tô a disposição! 🤍

Posted
47 minutes ago, Maia-sub said:
Não sei citar diretamente um comentário aqui no fórum… Mas concordo com vc, BoundSP, no sentido de que dar abertura para o diálogo e tomar cuidados básicos são coisas essenciais. E possíveis de se conciliar perfeitamente.

Logo abaixo do comentário, vc verá:
curtir e citar. É só clicar e digitar sua mensagem

Posted
50 minutes ago, Maia-sub said:
Verdade, universodanell… Para que eu consiga identificar RFs, o que é muito difícil no isolamento, tenho justamente buscado estudar mais o assunto e me cercar de uma rede de contatos. Estou aberta para amizades porque quero aprender, trocar experiências, mas também me proteger. Outro dia presenciei uma situação que eu não soube avaliar bem. Conversei abertamente com tops diferentes, com diferentes trajetórias, justamente para ter outros pontos de vista. Mas isso demanda um tempo que as pessoas não querem dedicar para se desenvolver. Ou talvez não saibam fazer.

O RF geralmente começa a conversa muito gentil. Porém, ele tem pouca paciência. Tem a tendência de quere rapidamente um encontro. Ele não consegue ficar conversando muito tempo, para chegar até uma sessão. Também pode notar que há uma necessidade de dar ordens, mesmo antes de se acertar qqer coisa, de se iniciar uma relação, ou até mesmo de marcar uma play. A sua gentileza começa a se desintegrar qdo começam as negativas da sub. Em geral, não lidam bem com um "não" recebido. Esses são alguns sinais, para ajudar a identificar um RF. Masssssssssss, mesmo assim, antes da sessão, procure conhecer melhor a pessoa, e não apenas o Dom. Boa sorte.

Posted
Wednesday at 12:59, universodanell said:

Maia, sempre que precisar tô a disposição! 🤍

Muito obrigada!!! Estou por aqui também…

×
×
  • Create New...